Solidworks

Geometria de referência

Geralmente os modelos básicos do SOLIDWORKS, podem ser realizados aproveitando apenas os planos de referência inicia e a geometria do modelo disponível. No entanto, e há medida que a complexidade aumenta, pode torna-se necessário criar e utilizar a geometrias de referência para produzir modelos que cumpram os requisitos exigidos.

As geometrias de referência incluem:

  • Planos
  • Eixos
  • Sistemas de coordenadas
  • Pontos de referência e Centros de massa
  • Dimensões de atravancamento
  • Referências para mates

No vídeo que em breve acompanhará este artigo, cobriremos os fundamentos da criação das referências acima enumeradas, para assim ajudá-lo em todo o processo de ‘design’.

Para todas as referências serão analisados os seguintes pontos:

  • Planos:
    • São usados no auxílio de criação de geometria;
    • Usados para modificar geometria existente;
    • Usados para mudar a posição do sketch relativamente ao plano inicial;
    • Dimensionamento automático.
  • Eixos:
    • Usados no auxílio de criação de geometria;
    • Usados para modificar geometria existente;
    • Usados em simulações na amostragem de resultados;
    • Eixos temporários.
  • Sistemas de coordenadas:
    Usados para redefinir a localização da origem para exportação e cálculo de propriedades de massa;
    Usados na criação de padrões;
    Usados em simulações na amostragem de resultados.
  • Pontos de referência e centros de massa:
    • Usado para descobri o centro de faces e na obtenção de resultados de simulação;
    • Usados para mostrar o centro de gravidade.
  • Dimensões de atravancamento:
    • Usado para determinar o volume total da peça;
    • Usado para obter a altura, largura e profundidade do modelo;
      • Com aplicação directa, por exemplo, na legenda folha de desenho.
  • Referências para mates
    • Usados para associar funções que irão ajudar na criação do assembly com mates automáticos mais previsíveis.

O modelo que será trabalhado é o que se apresenta. Será importado num formato universal, pelo que não terá árvore de operações associada.

Se estiverem interessados no modelo enviem uma mensagem.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *